Mamoplastia de redução

Mamas com tamanho acima da média são, frequentemente, de origem hereditária, mas também o resultado de ajustes hormonais ou em caso de aumento de peso

Mamoplastia de redução

Reduzir queixas adicionais

Além das queixas físicas, como dores na zona do peito, do pescoço, das costas, eczemas na pele debaixo da mama, postura errada com tensões musculares e constrições dolorosas na alça do soutien, as mulheres afectadas sofrem também de problemas anímicos, que se revelam como sintomatologia depressiva.

O objectivo da intervenção cirúrgica é remover pele, gordura e tecidos glandulares e voltar a dar forma à mama. Simultaneamente, o mamilo é deslocado para cima, para dar à mama um aspecto mais firme e jovem.

Para a redução da mama, estão disponíveis processos cirúrgicos realizados sob anestesia geral.

Como com a mamoplastia de aumento, também na de redução é colocada uma ligadura elástica à volta do peito e os pontos são tirados ao fim de aprox. 2 semanas. A utilização contínua do soutien de apoio, durante 4-6 semanas, segura e estabiliza o resultado da cirurgia.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
0 Rates
0 %
1
5
0