Meias de compressão

Tratamento modificador da doença para doenças venosas, lipedema e linfedema e para profilaxia de trombose

Meias de compressão

Qual meia de compressão é a certa para mim?

A gravidade da doença venosa determina a pressão necessária. Meias de compressão em quatro diferentes classes de compressão estão disponíveis por meio de revendedores especializados. Dependendo do local do dano às veias e da extensão da sua progressão, diferentes comprimentos de meias são usados.

A peça de vestuário de compressão ideal

As opções variam de meias 3/4 e meias 7/8 até meias-calças. Existem modelos especiais para homens e gestantes. Usar uma meia de compressão, de modo geral, não é desagradável, como se faz crer. Usar uma meia adequadamente ajustada tem um efeito de alívio notável imediato e proporciona uma sensação de verdadeiro prazer às pernas.

Cuidado: meias de suporte e meia-calça de suporte são diferentes de peças de vestuário de compressão medicinais. As meias de suporte são adequadas apenas a indivíduos com veias saudáveis, enquanto as meias ortopédicas são prescritas por médicos e ajustadas por revendedores de equipamentos cirúrgicos.

A terapia básica para problemas vasculares

Meias de descanso não são meias de compressão medicinais. Ao contrário das meias de descanso, as meias de compressão medicinais são preparadas por profissionais e exercem uma pressão controlada, mais intensa no tornozelo.

As meias de compressão medicinal são auxiliares prescritos por médicos em caso de necessidade e comercializadas em lojas da especialidade, depois de tiradas as medidas exatas das pernas.

Um bom tratamento com meias de compressão medicinal, em caso de doença vascular, é o somatório de vários fatores importantes: uma condição essencial é o paciente detectar os sintomas e consultar um médico. Este faz o diagnóstico e decide sobre a terapia. Se o médico prescrever meias de compressão medicinal, o paciente leva a receita à loja, onde serão tiradas as medidas da perna. Então, é aconselhado sobre os respectivos meios auxiliares, para que se possa decidir pelo produto. Mas não é tudo: a continuação do tratamento é, pelo menos, tão importante quanto esta primeira fase. De seis em seis meses, os pacientes deverão voltar a consultar o médico, o qual decidirá sobre a continuação do tratamento.

Existem contraindicações para a utilização de meias de compressão como, por exemplo, doenças arteriais (pressão arterial alta, claudicação intermitente). Só o médico pode decidir se a meia de compressão medicinal pode e deve ser usada.

Quão útil é este artigo?