Capsulite aderente

A capsulite aderente (rigidez do ombro) ocorre como doença primária (ou seja, sem qualquer antecedente) em mulheres entre os 40 e os 50 anos

Capsulite aderente - Capsulite aderente

Inflamação da membrana da articulação

A causa desta rara forma dolorosa de rigidez do ombro é uma inflamação da membrana sinovial. As causas da rigidez primária dolorosa do ombro não são conhecidas, mas exigem um tratamento especial. Pelo contrário, a chamada rigidez dolorosa secundária do ombro surge na sequência de uma imobilização prolongada, após lesões ou cirurgias do manguito rotador.

Nesse caso, tanto o movimento activo, ou seja, o movimento por contracção da musculatura do ombro, como o movimento passivo, isto é, o movimento do braço por alguém ou por alguma coisa, são dolorosos. A articulação pode ainda inchar e surgir sobreaquecida.

O síndrome do impacto do ombro

Dá-se uma constrição dolorosa dos tendões. O síndrome do impacto do ombro é uma disfunção da articulação do ombro, p. ex., devido a sobrecarga crónica na sequência de fissuras e de alterações ósseas.

Terapia – Imobilização com a medi

O tratamento da rigidez secundária dolorosa do ombro, ou seja, na sequência de uma doença prévia - é feito sobretudo com medicamentos e medidas de fisioterapia.

Também se conseguem resultados muito bons com terapia de radiação e acupunctura. Raramente tem de recorrer-se a cirurgia. Esta limita-se aos casos em que as estruturas na zona da articulação do ombro foram permanentemente danificadas.

A terapia medicamentosa é feita por administração de analgésicos e anti-inflamatórios. São tomados sob a forma de comprimidos e mais raramente como injecção. 

Entre as medidas, contam-se a fisioterapia, a electroterapia e a aplicação de calor ou frio. Há que evitar a sobrecarga da articulação do ombro.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
0 Rates
0 %
1
5
0