Artrite

A palavra artrite é um termo que traduz estados irritativos e inflamatórios de uma ou mais articulações

Artrite - Artrite

A artrite tem muitas causas

A forma mais comum da artrite é a artrite reumatóide.

A inflamação de uma articulação torna-se notória pelas dores na articulação, inchaço, sobreaquecimento e restrição dos movimentos. Muitas vezes, ocorre derrame na articulação, o que significa que se acumula líquido na articulação. Numa artrite, a dor surge tipicamente em repouso e melhora em caso de movimento. Em inflamações graves, pode haver dores nocturnas na articulação, que fazem a pessoa acordar.

Uma artrite pode aparecer subitamente (aguda) ou no decurso de uma inflamação lenta (crónica) e prevalecer por muito tempo.

A cura de artrites é possível apenas em poucos casos, p. ex., quando se atribui a uma infecção. Na artrite reumatóide, a forma mais frequente, o tratamento somente passa pelo alívio das queixas.

Para que uma doença aguda não se torne crónica, nos primeiros sinais de aviso, como vermelhidão, sobreaquecimento, inchaço e dores, há que procurar um médico. Especialmente na artrite reumatóide, um sintoma ligeiro pode evoluir para uma dor penetrante em todas as fibras corporais.

Artrite reumatóide

A forma mais comum da artrite é a artrite reumatóide. Várias articulações estão inflamadas e, com o tempo, vão-se deformando até acabarem por não se mexer.

Uma característica clássica da artrite reumatóide é a ocorrência simétrica das inflamações das articulações, ou seja, a mesma inflamação por exemplo nas articulações basais dos dedos da mão ou do pé, de ambos os lados. A artrite reumatóide não é, contudo, apenas uma doença das articulações, mas sim uma doença sistémica que assenta num distúrbio do sistema imunitário e que pode actuar em qualquer parte do corpo. Além das articulações, também órgãos internos ou a conjuntiva do olho podem ser afectados.

Terapia – Tratamento da artrite

A medicina moderna considera incuráveis todas as formas crónicas de artrite (artrite reumatóide, artrite crónica, gota, chronische).

Artrites crónicas são doenças típicas do metabolismo. Na sequência de uma dieta rica em proteínas, depositam-se resíduos metabólicos nos tecidos articulares, os quais não conseguem ser degradados de todo, ou são-no apenas lentamente, pelo organismo.

Importante para o tratamento é, por isso, uma alimentação saudável, pobre em proteína animal, p. ex., à base de alimentos integrais.

Com medicamentos anti-inflamatórios, alguns dos quais podendo ser injectados directamente na articulação, e analgésicos, procura-se eliminar o estado inflamatório agudo e aliviar as queixas.

Outras abordagens terapêuticas são medidas físicas como aplicação de frio, fisioterapia, ergoterapia, electroterapia e hidroterapia.

Em casos muito graves, existe a possibilidade de cirurgia: na sinovectomia, é removida a mucosa inflamada da articulação. As cirurgias correctivas voltam a estabelecer a geometria correcta da articulação. O último recurso é a substituição da articulação afectada por uma prótese.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
0 Rates
0 %
1
5
0